Entenda por que ventou tanto no Rio nesta terça-feira

Rajadas chegaram a 78 km/h em Copacabana. Previsão é de mais vendaval nesta quarta-feira (22).


Por Eduardo Pierre, g1 Rio



Árvore atingiu carro na Rua Capitão Salomao — Foto: Amanda Kestelman/ge


A frente fria que chegou ao RJ nesta terça-feira (21) trouxe um vendaval com rajadas de quase 80 km/h. A ventania derrubou árvores, destelhou imóveis, atrasou trens e até fechou a Ponte Rio-Niterói.


Ponte Rio-Niterói fechada devido à ventania no Rio nesta terça-feira (21)

Foto: Ecoponte/Reprodução


Segundo Raphael Rocha, meteorologista da Climatempo, rajadas intensas são comuns quando o tempo está virando. Mas nesta terça ventou muito durante várias horas e em mais lugares.


“Na semana passada, uma massa de ar quente e seco tentava ‘frear’ a frente fria com mais força. Tanto que no dia 14 a máxima chegou a 39°C”, lembrou Raphael.

O meteorologista explicou que, esta semana, não havia esse contragolpe, o que permitiu que a frente fria avançasse rápido. “Na segunda-feira (20) ela estava no Rio Grande do Sul; na terça, já estava no Rio”, destacou.

“Essa frente fria não teve quem a segurasse e avançou com mais força. Daí a ventania pegou em mais lugares”, detalhou.

Ainda há alerta de ressaca no mar, com ondas de até 3,5 m. A máxima não passa de 22°C na capital.


Próximos dias

Nesta quinta-feira (23), o tempo volta a abrir aos poucos e não deve chover mais. A sexta-feira (24) também será de tempo firme em todo o estado.

No fim de semana, com dias abafados, e há previsão de pancadas de chuva isoladas à tarde.



35 visualizações0 comentário