Geada não deixa granizo descongelar na serra catarinense

Uma rara condição de geada em cima do granizo é observada no Vale do Caminhos da Neve, situado a cerca de 3 km do centro de São Joaquim, nesta manhã de quarta-feira (09/11).


Por Angela Ruiz - Climatempo



Foto: Mycchel Legnaghi, do site saojoaquinonline.com.br


A geada se formou nas primeiras horas da manhã por cima do granizo que ocorreu logo após ao meio-dia desta última terça (08/11), fazendo com que muitos dos veículos, que circulavam pela rodovia, necessitassem de um reboque para sair do vale que ficou recoberto por uma grosa camada de granizo.


"Acontece que, o granizo não derreteu e permaneceu nesta manhã de quarta-feira, devido ao ar frio na região de altitude e o amanhecer perto de 0ºC fez com que a geada se formasse por cima do granizo acumulado em uma condição bem inusitada e em pleno 09 de novembro", conta Mycchel Legnaghi, do site saojoaquinonline.



Foto: Mycchel Legnaghi, do site saojoaquinonline.com.br



Foto: Mycchel Legnaghi, do site saojoaquinonline.com.br



Foto: Mycchel Legnaghi, do site saojoaquinonline.com.br


"As gramíneas ficaram cobertas por uma fina camada de gelo, o orvalho presente nas plantas rasteiras também congelou por cima do granizo, E até mesmo as pequenas maçãs, em desenvolvimento para a próxima safra, acabaram sendo mostradas com a formação de gelo e diante das avarias provocadas pelo granizo do dia anterior", comenta o repórter cinematográfico.


Vídeo: Mycchel Legnaghi, do site saojoaquinonline.com.br


O mês de novembro realmente está sendo inesperado, com temperaturas negativas, massa polar, chuva congelada, neve, granizo e agora geada por cima do granizo!

A estação da oficial do município, na rede do INMET obteve o registro de 0,7ºC durante o amanhecer desta quarta (09/11), assinalando a geada de número 134 no ano de 2022 no topo da serra.


10 visualizações0 comentário