top of page

Mudança Climática impoe "novo normal" a Porto Alegre

Áreas alagadas diminuem, mas a limpeza e retomada dos serviços ainda será um trabalho gradual




A Prefeitura de Porto Alegre informou que o Guaíba atingiu seu nível mais baixo desde as inundações que atingiram a cidade, mas essa medição informa que a situação ainda está um pouco diferente da normalidade. De acordo com a prefeitura, foram cerca de 1000 quilômetros de ruas inundadas na cidade, onde agora as pessoas vão aos poucos colocando o lixo para fora.


O Departamento Municipal de Água e Esgotos informou que a drenagem dos alagamentos e a limpeza total devem levar entre dois e quatro meses, dependendo de como o clima irá evoluir durante o período de inverno.


Essa nova realidade forçada se instalou entre todos os moradores do Rio Grande do Sul. Em pesquisa divulgada pelo World Weather Attribution, existe uma projeção de que eventos como esse que aconteceu no Sul do país se tornem cada vez mais frequentes devido a queima de combustíveis fósseis na atmosfera. Ao traçar um cenário com aumento de 2ºC na temperatura global, Porto Alegre poderia enfrentar novas cheias a cada 20 anos.


O que fica é a certeza de que é preciso uma adaptação das cidades em relação ao clima.


6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page