top of page

"Restauração de terras, desertificação e resiliência à seca" foi o tema do Dia Mundial do Meio Ambiente 2024

ONU evidencia a urgência da restauração de ecossistemas para combater a desertificação e construir resiliência à seca.




No dia 5 de junho foi comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Este ano, o foco na restauração de terras foi lembrado e evidenciado pela Organização das Nações Unidas. Isso porque dados da Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação afirmam que até 40% das terras do planeta estão degradadas, o que afeta diretamente metade da população mundial.


Desde os anos 2000 a duração das secas aumentaram em 29%. Isso significa que sem uma ação urgente, essas secas podem afetar mais de três quartos da população mundial até 2050


Em mensagem para a data, o secretário-geral da ONU, António Guterres, afirma:


“coquetel tóxico de poluição, caos climático e dizimação da biodiversidade está transformando terras saudáveis em desertos e ecossistemas prósperos em zonas mortas”.

Guterres alerta que florestas e pastagens estão sendo aniquiladas, resultando em menos força da terra para apoiar ecossistemas, agricultura e comunidades.




9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page